Vivemos, hoje, a Era do Conhecimento na qual, segundo o guru da administração do século XX, Peter Drucker (2000), “diferentemente da Era Industrial, nesta nova sociedade a criação e gerenciamento do conhecimento serão fatores decisivos no ambiente competitivo”. Além disso, diferentemente do passado, nos dias de hoje onde a oferta profissional se tornou maior que a demanda, o desenvolvimento de uma pessoa está em suas próprias mãos, não podendo, mais, ser esperado que as empresas o façam.

Seguem abaixo alguns artigos sobre este tema.

v

Jogos de Negócios como Ferramenta para a Construção de Competências Essenciais às Organizações

A par de outros fenômenos incontroláveis, a competência de gestão coloca-se no intermédio das relações entre processos eficazes de formação profissional e organizações de alta performance. Utilizando uma abordagem que explora teoricamente os conceitos e a natureza da competência, o presente ensaio põe ênfase na reflexão a respeito dos jogos de empresas como ferramenta importante na formação profissional de administradores. Os jogos de negócios são simulações, em grande parte computadorizadas, utilizadas para simular a realidade empresarial num ambiente de sala de aula, sem o comprometimento de recursos e ao mesmo tempo trazendo situações-problema comuns no meio empresarial. A simulação empresarial se enquadra no que muitos autores chamam de aprendizagem vivencial que, aliada ao referencial conceitual, permite um processo de aprendizagem dinâmico e envolvente.